Atendimento a todo Brasil

Review do Modelo Yamaha Clavinova CLP-775

Compartilhe:

Review do Modelo Yamaha Clavinova CLP-775

Nesse conteúdo vamos abordar as novidades que temos no modelo CLP-775.

Vamos falar de sonoridade, tocabilidade, design e tecnologia. Mas antes é importante lembrar que, as funções dos modelos anteriores vêm somando a cada modelo superior.

Ou seja, se lá no primeiro conteúdo da série CLP-700 nós falamos que o CLP-725 tem a tecnologia “Virtual Resonance Modeling”, isso quer dizer que todos os outros modelos acima também contam com ela.

A diferença é que algumas dessas tecnologias foram aprimoradas. E são esses upgrades que nós trazemos a cada vídeo de um modelo superior, entendeu?

Hoje, vamos nos aprofundar um pouquinho em características muito ricas que dão esse refinamento no CLP-775. O conteúdo está imperdível e será imprescindível para você tomar a decisão sobre qual piano digital vai adquirir com a gente.

Então, muita atenção e vamos conhecer o Clavinova CLP-775.

Detalhes do Piano Digital Yamaha Clavinova CLP-775

O CLP-775 tem 97,7 centímetros de altura, o que já dá a ele uma certa imponência e um estilo mais próximo dos pianos acústicos.

Tem 146 centímetros de largura e 46,5 centímetros de profundidade. Uma diferença relevante é que o 775 pesa 71 quilos.

São 11 quilos a mais que o modelo anterior, CLP-745, que equivale relativamente ao seu tamanho.

O som deste piano digital é incrível.

É muito mais encorpado. Isso se deve ao sistema de alto-falantes de três vias, que ajuda a cobrir com muito mais qualidade o espectro sonoro, buscando entregar todos os detalhes desde as notas mais graves às mais agudas.

E no total são mais de 250 watts de potência!

Lembrando que você pode usar toda essa potência não apenas para os sons do piano, mas para ambientar sua sala numa festa, ou um jantar, por exemplo.

É só conectar seu smartphone via bluetooth e pronto.

Agora vem uma diferença interessante pra gente analisar. A partir do CLP-775, nós temos o teclado com a tecnologia GrandTouch.

Nos modelos anteriores a especificação era GrandTouch-S. Esse “S” é de Standart. Mas o que isso quer dizer, na prática? Vamos lá.

O mecanismo de um piano acústico, sobretudo um de cauda, permite que você consiga reproduzir em torno de 12, 13 notas por segundo.

Isso se deve a questões como: posicionamento do martelo, que por estar na horizontal tem uma ajudinha da gravidade para retornar mais rápido.

Tem também a questão da extensão da tecla desde o ponto de toque à outra ponta que aciona o martelo, que também favorece a velocidade, entre outros fatores.

Por isso, certas execuções de algumas peças musicais, só são possíveis se tocadas em um piano de cauda. Nem um piano acústico vertical consegue proporcionar essa velocidade.

 Normalmente, o piano vertical produz cerca de 7 notas por  segundo.

Muito bem, a tecnologia Grand Touch, presente no CLP-775 simula tão bem um piano de cauda, que consegue entregar cerca de 10, 11 notas por segundo.

Isso garante ao pianista profissional, ou a um estudante, por exemplo, um instrumento capaz de entregar o que ele precisa para treinar todo tipo de peça.

Percebe o nível de detalhes que a YAMAHA se preocupa para construir um instrumento como esse? É realmente impressionante.

E não para por aí, viu? A partir desse modelo nós também contamos com o Linear Graded Hammers nas oitenta e oito teclas. Vamos entender este super benefício.

Sabemos que os pianos Clavinova são construídos para aproximar você da experiência de tocar em um piano acústico. Certo?

Pois bem. Como já comentamos em vídeos anteriores, existem níveis de detalhes que estão presentes nos modelos mais top de linha.

O Linear Graded Hammers é um exemplo desse nível de detalhe.

Nos modelos anteriores, os pesos das teclas são, sim, bem próximos aos de um piano acústico. Já é incrível tocar nesses pianos digitais e sentir a diferença dos pesos.

Porém, eles são divididos por setores. Ou seja, basicamente, nós temos os setores graves com um peso, os médios com outro peso e os agudos com outro peso.

O Clavinova CLP-775 inaugura a partir dele o peso gradual das oitenta e oito teclas. 

Isso quer dizer que, essa estrutura é uma réplica exata de cada tecla do piano de cauda. Assim, cada tecla desde a primeira até a última tem um peso individual e gradativo.

Sendo a tecla mais grave a mais pesada e última tecla aguda a mais leve. Per-fei-to!

Design do Yamaha Clavinova CLP-775

Falando em design, não tem como deixar de falar o quanto esse piano é lindo, gente.

Se você tem interesse em ter um instrumento com toda tecnologia e qualidade como um desse e, além disso, ter um móvel que vai compor a decoração do seu ambiente de forma refinada e sofisticada, então esse piano é perfeito pra você.

Uma novidade a partir desse modelo é que agora os botões de navegação são sensíveis ao toque, o que deixa o design ainda mais leve e clean.

Por que?

Quando a luz do LCD está apagada, você nem percebe os botões, de modo que o painel se mistura e se integra ao corpo do piano, deixando tudo mais orgânico e minimalista.

Lindo demais, né?

Em baixo, temos os três pedais: o sustain, o sostenuto e una corda.

Mas também é possível extrair outras funções deles, como pitch bend (pra cima e pra baixo), rotação (no caso de timbres de órgão), dar play/stop em uma música, entre outras.

E a partir desse modelo, nós contamos com o “Pedal de sustentação GP Response”.

O que é isso?

O GP Response é o pedal de sustain com a resposta de um piano de cauda. De acordo com o site da YAMAHA:

“O uso do pedal de sustentação altera sutilmente a natureza do som do piano e é essencial ao pianista, que precisa de todas as ferramentas de expressão necessárias para transmitir sua visão musical. Os pianos digitais Clavinova têm um pedal de sustentação que detecta a pressão a todo momento e permite o meio pedal. Assim, o pianista pode ajustar minuciosamente a pressão e o retorno do pedal, alterando o timbre do som do piano. O Pedal GP response, apresenta uma resistência gradual similar à de um piano de cauda, começando de forma leve ao toque e ficando mais pesado à medida que o pedal é mais pressionado para o fundo. Esta curva de resistência permite que o pianista fique mais familiarizado com as nuances criadas quando se usa o pedal de forma delicada”.

Gama de Timbres no CLP-775

O CLP-775 conta com os 38 timbres já disponíveis nos modelos anteriores, incluindo os sons incríveis do CFX e do Bösendorfer Imperial em binaural.

Tem diversos timbres de piano, incluindo dois timbres de fortepiano. Além de órgãos, violinos, pads, e vinte ritmos para você poder criar sua música completa!

Lembrando que o antecessor do piano moderno, chamado de fortepiano, foi o instrumento utilizado por grandes compositores clássicos. E algumas expressões descritas em suas partituras são muito mais perceptíveis se ouvirmos no som do próprio fortepiano. Então, agora você pode saber exatamente a intenção que compositores como Mozart e Chopin, queriam passar a partir desses dois timbres que temos no CLP sete, sete, cinco.

Vamos lembrar também da super integração com 775 com o SMART PIANIST.

Agora são possíveis mais parâmetros ajustáveis, para deixar o som do seu piano do jeito que você quiser. Fora todos os outros recursos de gravação, aprendizagem de músicas, ritmos para você tocar junto, dentre outras diversas opções!

Novidade: Grand Acoustic Imaging

E agora vou te contar um recurso que, quando eu fiquei sabendo e experimentei nesse piano, eu fiquei sem palavras.

É o “Grand Acoustic Imaging”.

Nós já falamos aqui no blog e em nosso canal no YouTube, sobre a complexidade e a quantidade de sons que estão envolvidos quando um piano de cauda é tocado.

São interações sonoras que vão desde as interferências de todos os materiais que compõem o piano, às relações com o ar, o ambiente e os materiais ao entorno.

Até mesmo os sons dos mecanismos que, ainda sutis, colaboram para a completa experiência de tocar em um grand piano. Assim, o pianista fica imerso nesse som difuso e na reverberação.

Pensando nessa complexidade e na busca em te proporcionar todas essas sensações, a YAMAHA criou o Grand Acoustic Imaging.

De acordo com a YAMAHA:

“o design acústico e as tecnologias de medições mais recentes criam a mesma imagem e campo sonoro do piano de cauda, mesmo no piano digital compacto. Eles equalizaram e posicionaram os alto-falantes de baixo, médio e agudo para gerar a radiação sonora e a característica centróide dos pianos de cauda, de modo que cada timbre reproduzido nos alto-falantes pareça sair da mesma origem de um piano de cauda real. A posição e a equalização dos alto-falantes reproduzem a sensação dos martelos atingindo as cordas na frente do pianista, além da reverberação das cordas se dissipando para longe. Também, foi usado um transdutor para gerar a reverberação total dos sons emitidos por toda a caixa de ressonância de um piano de cauda, simulando a sensação de profundidade que se tem ao tocar um instrumento acústico”.

Gente, depois dessa, não tem como não se apaixonar, né?

Vocês têm noção da complexidade disso? Não? Nem eu, (risos).

Só sei que eles tornaram isso possível e esse espetáculo de instrumento pode estar aí na sua sala, no seu estúdio ou na sua escola.

É isso. Precisa de mais? Acho que não, né?

Conclusão

Mas para experimentar esse recurso, só sentando e vivenciando isso presencialmente.

Por isso, te convido a conhecer o nosso showroom na Casa Raja Shopping, em Belo Horizonte. Aqui você pode comparar os modelos e ainda receber toda a nossa atenção.

Nosso endereço é esse que está aparecendo para você no rodapé do site.

Gostou desses upgrades que vieram no CLP-775? Espero que sim e que vocês tenham gostado do nosso review.

Se ficou alguma dúvida sobre alguma coisa, entre em contato com a gente. Teremos o maior prazer em te atender

Espero muito ter te ajudado e deixo aqui o meu agradecimento por ter nos acompanhado até aqui. Um grande abraço e até o próximo conteúdo.

Precisa de ajuda?

Fale agora com um músico especialista da Pianos Tomanik. Vamos identificar o piano perfeito para você.

Pianos Tomanik Yamaha
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
pianos